Mercados atentos ao Copom e ao cenário político

O cenário interno deve ter peso maior no comportamento do mercado financeiro hoje. A possibilidade de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar denúncias de corrupção ligadas ao Executivo federal e a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que vai reavaliar a taxa básica de juros (Selic), devem atrair a atenção dos investidores ao longo do dia.Em relação à decisão do Copom, a grande maioria das apostas é por uma alta de 0,5 ponto porcentual, elevando a taxa de 15,75% para 16,25% ao ano. Diante da possibilidade de alta dos juros, o dólar abriu em baixa e há pouco estava cotado a R$ 2,1850 na ponta de venda dos negócios - queda de 0,55% em relação aos últimos negócios de ontem. Com juros mais altos, o investidor que tem moeda norte-americana em carteira tende a se desfazer desse ativo e migrar para aplicações atreladas aos juros, que poderão oferecer rendimento superior. Além disso, juros mais altos também atraem recursos estrangeiros para essa forma de aplicação. Nos dois casos, o resultado é um aumento do volume de dólares disponíveis no mercado, provocando uma queda das cotações. Por outro lado, qualquer notícia negativa em relação ao cenário político pode impulsionar novamente uma tendência de alta para o dólar.No mercado de juros, as taxas estão em queda, corrigindo um pouco as fortes altas dos últimos dias. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 20,730% ao ano, frente a 20,880% ao ano registrados ontem.Bolsa opera em alta de 1,11%A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em alta de 1,11%, seguindo a mesma tendência das bolsas de Nova York. No início dessa manhã, a Nasdaq - bolsa dos Estados Unidos que negocia papéis do setor de tecnologia e Internet - opera em alta de 4,30%. O índice Dow Jones - que mede a valorização das ações de empresas mais negociadas na Bolsa de Nova York - está em alta de 1,23%. Também no mercado acionário, a questão política interna pode provocar instabilidade nos negócios. Veja nos links abaixo mais informações sobre o dia no mercado financeiro ontem e os fatores que podem provocar instabilidade nos negócios hoje. Não deixe de ver também nos links abaixo o impacto de uma possível alta da Selic nos juros aos consumidores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.