Mercados: BC e pesquisa reduzem nervosismo

Os mercados operam mais tranqüilos no início dessa semana, motivados, principalmente, pelas atuações do Banco Central (BC) e pelo resultado da última pesquisa com intenções de voto. Às 14h10, o dólar comercial está cotado a R$ 2,6380 na ponta de venda dos negócios, em alta de 0,04% em relação aos últimos negócios de sexta-feira. Durante a manhã, a moeda norte-americana oscilou entre a máxima de R$ 2,6430 e a mínima de R$ 2,6290.No mercado de juros, os contratos de DI futuro com vencimento em janeiro de 2003, negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), pagam taxas de 19,240% ao ano, frente a 19,630% ao ano apurados na sexta-feira. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com alta de 2,09%. O volume de negócios está um pouco acima de R$ 208 milhões.Durante a manhã, o Banco Central (BC) anunciou um leilão de títulos prefixados de curto prazo, aumentando a oferta de papéis considerados mais seguros e com possibilidade de oscilação menor, pois têm o vencimento mais próximos. O BC também anunciou que fará hoje um leilão de troca de títulos pós-fixados, as LFTs com vencimento em 2004, 2005 e 2006, por papéis com vencimento mais próximo, em agosto de 2003. O encurtamento dos prazos dos títulos públicos atinge também papéis cambiais. Trata-se de uma medida que atende exatamente o que os grandes investidores vinham pedindo - o encurtamento dos prazos dos títulos públicos, o que reduz o risco dos papéis. Os investidores também gostaram do resultado da pesquisa do Datafolha, que confirmou a posição do presidenciável pelo PSDB, José Serra, em segundo turno, atrás do pré-candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, em primeiro. Não foi uma grande novidade, mas ao menos reforçou a idéia de que, aos poucos, a disputa será polarizada entre Lula e Serra. Agora, a expectativa é pela pesquisa do Ibope. Entre analistas, comenta-se que essa sondagem deve também apontar recuperação do candidato tucano.Mercados internacionaisNa Argentina, o índice Merval da Bolsa de Valores de Buenos Aires está em queda de 1,72%. Nos Estados Unidos, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - opera com alta de 0,84% e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - registra alta de 0,68%.Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.