Mercados: Bolsa e dólar em alta

Os investidores aguardam com tranqüilidade a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) sobre a Selic, a taxa básica de juros da economia. Desde julho do ano passado, a Selic está em 19% ao ano e a aposta da maioria dos analistas é de que o juro básico da economia será mantido no patamar atual até fevereiro ou março, dependendo ainda do recuo dos índices de inflação.Os índices de inflação estão sendo monitorados com toda a atenção pelos investidores, depois que frustraram expectativas de desaceleração logo no início do mês. O Índice Geral dos Preços-10 (IGP-10), que foi divulgado ontem, ficou em 0,26% e foi bem recebido pelos operadores. Porém, ainda indicou um Índice de Preços ao Consumidor (IPC) elevado, de 0,73%.Os índices de inflação chamam a atenção dos investidores, pois a política monetária do governo tem sido guiada pelo cumprimento das metas de inflação. Neste ano, a meta é de 3,5%, com possibilidade de alta ou baixa em dois pontos porcentuais. O governo projeta que, com o dólar cotado a R$ 2,35 e juros anuais de 19%, a inflação deve encerrar o ano em 3,7% - acima da meta, mas dentro da margem de dois pontos porcentuais.Veja os números do mercado financeiroÀs 15h, o dólar comercial estava cotado a R$ 2,3910 na ponta de venda dos negócios, com alta de 0,46% em relação aos últimos negócios de ontem. No mercado de juros futuros, os contratos de swap (troca) de títulos prefixados por pós-fixados com período de um ano pagam juros de 19,88% ao ano, frente a 20,02% ao ano ontem.A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com alta de 0,57%. A única melhora observada no mercado de ações durante a manhã foi em relação às ações das empresas de telefonia celular. Depois de terem sido duramente castigadas ontem, por causa da proposta do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, de acabar com os celulares pré-pagos, as ações do setor tentavam reaver as perdas, contribuindo para essa discreta valorização da Bolsa. As preferenciais (PN, sem direito a voto) da Telesp Celular, que ontem desabou 3,67%, subia 2,25% no final da manhã. O papel CRT Celular PNA mmostrava valorização de 3,37%, neutralizando a queda de ontem de 3,26%. Em Nova York, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - está em queda de 0,13%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - opera com alta de 1,01%. Em Buenos Aires, o índice Merval está em baixa de 3,28.Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.