Mercados: Bolsa em alta e dólar em queda

A notícia de que a agência de risco Moody´s colocou em observação com perspectivas de melhora a classificação da Petrobrás e de 15 bancos no Brasil diminuiu o clima de pessimismo no mercado financeiro. A Moody´s alterou sua forma de classificação. Antes nenhuma empresa ou instituição financeira poderia ter uma nota acima da apresentada pelo país onde estava localizada. Com a nova forma de avaliação, é a saúde financeira da empresa que tem peso maior na avaliação.O dólar comercial começou o dia em baixa. Há pouco estava cotado a R$ 2,3550 na ponta de venda dos negócios - queda de 0,51% em relação aos últimos negócios de ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) está com alta de 1,13%. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 20,100% ao ano, frente a 20,500% ao ano registrados ontem.Apesar da melhora, analistas ressaltam que as incertezas que vinham afetando os negócios no mercado financeiro continuam presentes no cenário. A crise de falta de energia, a situação argentina e o processo para eleição presidencial em 2002 são os focos de atenção e podem voltar a influenciar o mercado de forma negativa, caso algum fato novo apareça. Veja mais informações no link abaixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.