Mercados: Bolsa opera em alta e dólar recua

Os investidores mantêm-se atentos ao cenário internacional, enquanto esperam pela decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que vai avaliar a Selic, a taxa básica de juros, em 19% ao ano. A decisão deve ser anunciada na quarta-feira e a expectativa da maioria dos analistas é pela manutenção da taxa. Na Argentina, os bancos e fundos de pensão têm até sexta-feira para aderir a troca de títulos proposta pelo governo, que vai garantir à União uma economia em pagamento de juros. Mas, sem a garantia de instituições financeiras internacionais e sem o adiantamento de recursos por parte do Fundo Monetário Internacional (FMI), a operação pode não obter o resultado esperado pelo governo argentino.Veja os números do mercado financeiroO dólar comercial para venda está cotado a R$ 2,5160, com queda de 0,47%. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 20,122% ao ano, frente a 20,520% ao ano na sexta-feira. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com alta de 0,95%.O índice Merval da Bolsa de Valores de Buenos Aires está em alta de 0,87%. Nos Estados Unidos, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - está em alta de 0,46%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - opera com alta de 0,71%. Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.