Mercados brasileiros preparam-se para o feriado

O feriado de carnaval está aumentando a cautela dos investidores brasileiros. Como as principais incertezas - nesse momento de instabilidade - são externas, o fechamento dos mercados brasileiros até o meio-dia da quarta-feira de cinzas é um fator extra de insegurança, pois o mercado não poderá reagir às eventuais oscilações nos mercados internacionais. Isso significa que a procura dos investidores por dólares como proteção aos seus recursos pode continuar hoje. Ainda assim, as cotações já atingiram um nível bastante elevado.Momentaneamente, pelo menos, o quadro está bastante instável. O motivo principal é a alta da inflação nos Estados Unidos em janeiro, que deve interromper a política de queda dos juros básicos norte-americanos. Além disso, aumenta as preocupações em relação à recuperação da economia do país, que atualmente apresenta crescimento próximo de zero.Outro agravante a esse quadro são as denúncias do senador Antônio Carlos Magalhães ligando o Presidente da República ao seu ex-secretário especial, Eduardo Jorge, em denúncias de corrupção. As acusações chegaram ontem à imprensa, e o noticiário deve ser farto nos próximos dias. Até que se encontre uma solução para esse caso, paira uma ameaça de risco institucional no País que pode ter sérias repercussões nos mercados financeiros.A situação de outros países emergentes também preocupa. A Turquia acaba de passar por uma crise financeira semelhante à que o Brasil viveu em janeiro de 1999. Isso sem falar na precária situação da Argentina, que acumula déficits nas contas públicas acima do previsto e não tem crescimento econômico há 30 meses. Analistas temem que a atual crise turca possa contaminar a Argentina. O Brasil, apesar do cenário interno positivo, deve sentir respingos dessa crise.O que garante uma certa estabilidade no mercado é exatamente o estado da economia brasileira. Contas públicas equilibradas, crescimento econômico e inflação sob controle são os elementos que seguram as oscilações. Mesmo assim, a turbulência externa é forte e as denúncias contra o governo podem levar a uma crise interna, caso comprovadas. De fato, pode demorar algum tempo até que a tranqüilidade e o otimismo retornem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.