Mercados calmos no início da semana

Depois de passar o final de semana nos Estados Unidos tentando conseguir recursos, o ministro da Economia Domingo Cavallo voltou à Argentina sem a parcela de US$ 1,260 bilhão, mas afirma que poderá conseguir este valor, cortando mais gastos. Ele afirmou que para isso pretende reduzir em US$ 4 bilhões a US$ 4,5 bilhões os benefícios fiscais concedidos aos setores produtivos. A falta de confiança dos investidores em relação à situação argentina continua nesta semana, mas no Brasil os mercados mantêm o equilíbrio. O dólar comercial iniciou o dia em queda e às 11h05 estava cotado a R$ 2,3720 na ponta de venda dos negócios, com baixa de 0,88% em relação aos últimos negócios de sexta-feira. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) está em alta de 0,18%. Os contratos de juros que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano pagam juros de 20,690% ao ano, frente a 20,750% ao ano registrados na sexta-feira. No Brasil, o dia começou com uma boa notícia. Segundo apurou o editor Renato Andrade, a balança comercial brasileira fechou a primeira semana de dezembro com um superávit de US$ 4 milhões. No acumulado do ano, a balança registra um superávit de US$ 1,790 bilhão. Com isso, é possível que a balança comercial encerre o ano com um superávit próximo de US$ 2 bilhões. Estados Unidos Amanhã, o Banco Central dos Estados Unidos (Fed) vai reavaliar a taxa de juros do país, que está em 2,0% ao ano. Os analistas esperam um corte da taxa entre 0,25 a 0,50 ponto porcentual. O ritmo da atividade econômica norte-americana vem sendo uma forte preocupação para as economias em todo o mundo. Isso porque o mercado norte-americano é forte consumidor das exportações mundiais. Portanto, um desaquecimento econômico nos Estados Unidos tem impacto em praticamente todos os países. Muitos analistas acreditam que a economia norte-americana deve dar sinais de reaquecimento no primeiro semestre de 2002. Investimentos Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

Agencia Estado,

10 Dezembro 2001 | 11h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.