Mercados cautelosos na véspera de feriado

A onda de notícias negativas sobre os mercados parece não ter fim. Ontem o anúncio do cancelamento de recompra das ações da Telesp Celular por parte da Portugal Telecom teve impacto muito negativo sobre a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que fechou em baixa de 1,38%, acumulando uma queda de 17,49% durante todo o ano. As ações preferenciais (PN, sem direito a voto) da Telesp Celular encerraram o dia cotadas a R$ 8,60, em baixa de 27,61% em relação ao fechamento de terça-feira.A operação de recompra das ações significava uma oportunidade de ganho expressivo para os detentores das ações da empresa brasileira. Neste tipo de operação, a companhia que recolherá os papéis oferece um preço para o ativo. Regra geral, este valor costuma ser vantajoso para o investidor, pois tem o objetivo de tornar atraente a venda da ação.Neste caso, com a desistência da Portugal Telecom, quem tinha os papéis da Telesp Celular não conta mais com esta oportunidade de ganho. Em função disso, o que se viu ontem, foi uma expressiva movimentação de venda das ações, o que provocou a forte queda no preço dos papéis. Segundo apuração da editora Márcia Pinheiro, a movimentação com as ações da Telesp Celular ficou em R$ 138 milhões, em um dia com giro de R$ 667 milhões. Segundo os analistas ouvidos pela editora, mais do que o impacto sobre as ações da Telesp Celular, a desistência da Portugal Telecom significou claramente que as empresas estrangeiras querem reduzir sua exposição ao Brasil e a posição da companhia portuguesa seria apenas "a ponta de um iceberg". De outro lado, a Associação Nacional dos Investidores do Mercado de Capitais (Animec) reclamou e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) anunciou que vai analisar o caso.Atenções aos dados norte-americanosHoje, às 9h30, o Departamento do Trabalho dos EUA divulga o número de pedidos de auxílio-desemprego feitos na semana até 1º de setembro. A previsão média de nove economistas ouvidos em pesquisa da Dow Jones é de 400 mil pedidos, 1.000 a mais do que na semana anterior. Na semana até 25 de agosto foram feitos 399 mil pedidos, 1.000 a menos do que na semana precedente. Os números sobre o mercado de trabalho norte-americano são esperados pelos analistas como um importante sinalizador da tendência para o consumo no país, responsável por dois terços da economia norte-americana. A preocupação dos analistas é saber se a economia será desaquecida de maneira suave, sem que haja recessão, o que teria impacto muito forte nas economias de outros países.ArgentinaNo país vizinho, as incertezas continuam e o risco político é crescente. Segundo informações da Dow Jones, os governos das províncias argentinas de Jujuy e La Pampa fizeram um pedido à Suprema Corte do país para que o governo federal seja obrigado a manter os pagamentos do acordo de "co-participação" com as províncias. Trata-se de um repasse mensal de US$ 1,364 bilhão que, por lei, o governo central é obrigado a distribuir para as 23 províncias.Há alguns dias, o ministro da Economia, Domingo Cavallo, havia antecipado que talvez não pudesse cumprir esta obrigação, já que o país precisa alcançar o déficit zero acertado com o Fundo Monetário Internacional (FMI) para a liberação de US$ 8 bilhões. Na ocasião, Cavallo afirmou que distribuirá apenas o que for arrecadado.Além do conflito entre os governos das províncias e central, o risco político envolve a proximidade das eleições parlamentares. Os políticos são arredios à aprovação de medidas impopulares, como corte de gastos e salários. Com isso, reduzir as despesas e retomar o crescimento econômico no país vizinho são realidades muito distantes, segundo os analistas.InvestimentosNão deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.