carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Mercados da Ásia fecham em alta após dados positivos

As bolsas de valores da Ásia subiramna quinta-feira, com o mercado em Tóquio apresentando sua maiorvalorização percentual diária em seis anos depois que umaumento inesperado nas vendas de varejo nos Estados Unidos eforte crescimento do Japão reduziram os temores sobre uma agudadesaceleração na economia global. O índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacíficoexceto Japão exibia forte alta de 3,8 por cento, o maior ganhonuma única sessão desde os 5,1 por cento de 25 de janeiro.Apesar disso, o indicador acumula queda de mais de 13 por centoeste ano até quarta-feira. A bolsa de TÓQUIO disparou 4,27 por cento, aos 13.626pontos, a maior alta percentual diária desde 2002. Na Coréia doSul, a bolsa de SEUL subiu 4 por cento e em Taiwan, o mercadode TAIPÉ fechou em alta de 4,17 por cento. "Bons dados econômicos dos EUA combinados com a percepçãode que os mercados já atingiram suas mínimas estão animando omovimento de compra", afirmou Hwang Geum-dan, analista daSamsung Securities, em Seul. Números mostrando um aumento nas vendas de varejo nos EUAno mês passado deram esperanças de que o maior destino dasexportações asiáticas possa escapar de uma recessão, o que deuforça para ações de empresas exportadoras, como a LGElectronics . As bolsas de HONG KONG, ÍNDIA e CINGAPURA subiram mais de 3por cento, enquanto XANGAI avançou pouco mais de 1 por cento. A confiança de que as exportações da região irão se manterfortes foi fortalecida depois que o Japão anunciou que suaeconomia cresceu 0,9 por cento no último trimestre do ano, duasvezes mais que o esperado, impulsionada por vendas externas einvestimentos. "O crescimento do PIB mostrou que o a economia japonesaestava melhor do que todos esperavam, sugerindo que havia umexcesso de pessimismo nas perspectivas", afirmo Koji Ochiaimanalista sênior de mercado da Mizuho Securities. Na Austrália o dia também foi de alta, com a bolsa em altade 2,6 por cento, animadas pela divulgação da menor taxa dedesemprego em 33 anos em janeiro. REUTERS RB

RAFAEL NAM, REUTERS

14 de fevereiro de 2008 | 08h04

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.