Mercados da Ásia fecham em queda, Japão tomba 3%

As bolsas de valores da Ásia fecharam em queda nesta sexta-feira, em sessão onde o mercado japonês amargou uma queda de 3 por cento. Investidores voltaram a evitar ativos de maior risco diante de novos dados fracos sobre emprego, queda acentuada da produção industrial e a luta de Washington para tentar salvar os bancos. Wall Street mergulhou na véspera depois que relatório informou que pedidos contínuos de auxílio-desemprego bateram recorde. As ações em Tóquio caíram 3,12 por cento para 7.994 pontos, depois de levantamento que mostrou que o desemprego na segunda maior economia do mundo está perto do nível máximo em três anos e a produção industrial despencou quase 10 por cento no mês passado. Os relatórios apóiam estimativas de que a economia do Japão encolheu a uma taxa de dois dígitos, em base anualizada, nos últimos três meses de 2008. O foco agora passa para a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no quarto trimestre. "Não há sinal de que estamos saindo do fundo. A produção industrial teve queda recorde, é difícil esperar uma recuperação em algum momento no curto prazo", disse Daisuke Uno, estrategista-chefe do Sumitomo Mitsui Banking, em Tóquio. A Toyota recuou 4,1 por cento, depois que uma fonte da companhia informou à Reuters que as perdas operacionais da montadora no ano fiscal que se encerra em 31 de março devem ser maiores que os 150 bilhões de ienes anunciados pela companhia. Às 8h24 (horário de Brasília), o índice MSI que reúne bolsas da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão exibia queda de 0,13 por cento, a 228 pontos. No mês, o indicador acumula queda de cerca de 8 por cento. A bolsa de Valores de Seul recuou 0,38 por cento, a 1.162 pontos, enquanto Hong Kong foi na contramão e subiu 0,94 por cento, a 13.278 pontos. Xangai e Taiwan não operaram. Em Cingapura, o índice acionário local teve desvalorização de 1,15 por cento, enquanto em Sydney, a bolsa avançou 0,41 por cento, a 3.540 pontos.

KEVIN PLUMBERG, REUTERS

30 de janeiro de 2009 | 08h44

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.