Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Mercados de Israel reagem com nervosismo à piora de Sharon

O mercado acionário e a moeda de Israel recuam acentuadamente nesta manhã, com a notícia de piora do estado de saúde do primeiro-ministro do país, Ariel Sharon, de 77 anos. Após sofrer um derrame ontem, Sharon passou por uma cirurgia de sete horas. Após a operação, o premiê foi transferido para a unidade de terapia intensiva. Segundo a diretoria do Hospital Hadassah, os sinais vitais de Sharon estão estáveis, mas seu estado é muito grave.O shekel, a moeda local, depreciou-se 2% ante o dólar, enquanto a Bolsa de Tel-Aviv reagiu com mais nervosismo que o esperado. As cotações mais recentes indicavam que o Shekel era negociado a 4,6440 por dólar, ante a tax oficial de 4,5770 de quarta-feira. O índice TA-25 despencou 7,52% no início do pregão, antes de se recuperar levemente. Por volta das 6h54, o índice recuava 5,47%.Os mercados locais devem enfrentar dias conturbados, após a incerteza sobre a eleição do dia 28 de março ter crescido com a piora do quadro de Sharon.

Agencia Estado,

05 de janeiro de 2006 | 07h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.