Mercados em clima de tranqüilidade

O ambiente de maior tranqüilidade nos mercados permanece. A expectativa dos analistas é de que o Banco Central (BC) terá sucesso no leilão de contratos de swap (troca) cambial que visa a rolagem da segunda metade do vencimento de quase US$ 2 bilhões de sexta-feira. Por trás dessa perspectiva está uma tranqüilidade cada vez maior entre os investidores em relação ao processo de transição política, inclusive entre os investidores e analistas internacionais.Às 14h55, o dólar comercial é vendido a R$ 3,7100, em queda de 2,75% em relação aos últimos negócios de ontem. No patamar mínimo do dia, a moeda norte-americana estava cotada a R$ 3,7050 na ponta de venda dos negócios. Os C-Bonds - principais títulos da dívida brasileira estão cotados a 57,875 centavos por dólar - uma valorização de 4,51% em relação aos números de ontem.No mercado de juros, as taxas estão em queda. Os contratos de DI futuro com vencimento em janeiro, negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), pagam taxas de 23,330% ao ano, frente a 23,410% ao ano ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em alta de 4,80%. Até às 15h, o volume negociado é de R$ 427,525 milhões.As bolsas em Nova York também operam em alta. O índice Dow Jones, que mede a valorização das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York, apresenta alta de 0,84%. Já a Nasdaq - que negocia ações do setor de tecnologia e Internet - está em alta de 2,23%. Na Argentina, o índice Merval da Bolsa de Valores de Buenos Aires opera com alta de 0,90%.Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.