Mercados em compasso de espera

Os mercados aguardam a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) sobre a Selic - a taxa básica de juros da economia. O resultado deve ser conhecido ainda hoje, após o fechamento dos mercados. A expectativa dos analistas é de manutenção da taxa em 19% ao ano. Desde julho do ano passado, a Selic está neste patamar e a alta dos índices de inflação tem sido o motivo para a postura conservadora do Comitê (veja mais informações no link abaixo).Os investidores permanecem atentos à situação argentina. O país precisa elaborar um orçamento para este ano com redução drástica em seus gastos. Disso depende uma possível ajuda do Fundo Monetário Internacional (FMI). Por outro lado, crescem as manifestações sociais. A população reivindica empregos e fim dos limites para saques. O governo não tem força política e, segundo analistas, pode ser muito difícil controlar a revolta da população.Veja os números do mercadoÀs 11h17, o dólar comercial estava cotado a R$ 2,3780 na ponta de venda dos negócios, com queda de 0,08% em relação aos últimos negócios de ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com alta de 0,46%. No mercado de juros futuros, os contratos de swap (troca) de títulos prefixados por pós-fixados com período de um ano pagam juros de 19,83% ao ano, frente a 20,02% ao ano ontem.Não deixe de ver no link abaixo as perspectivas dos analistas para a semana no mercado financeiro e as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.