Mercados europeus têm forte alta após ações de BCs

As bolsas europeias fecharam com fortes altas nesta quarta-feira, depois de que bancos centrais de importantes economias avançadas anunciaram uma ação conjunta para injetar liquidez no mercado financeiro global, afetado pela crise da dívida da zona do euro.

REUTERS

30 de novembro de 2011 | 15h47

O índice europeu de ações fechou com alta de 3,33 por cento, a 979 pontos.

Bancos e outras ações de setores cíclicos estiveram entre os destaques positivos, com o índice de bancos STOXX Europe 600 Banks e o de matérias-primas em alta de mais de 4 por cento no fechamento.

A alta foi motivada por uma ação coordenada entre o Federal Reserve (banco central norte-americano), o Banco Central Europeu (BCE) e outros bancos centrais para reduzir o custo das linhas de swap em dólares e com isso evitar uma crise de liquidez.

"Isso dá uma indicação de que as autoridades monetárias estão preparadas para fazer o que for preciso para impedir o congelamento dos mercados de crédito", disse o analista de mercado da CMC Market Michael Hewson.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 3,16 por cento, a 5.505 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 4,98 por cento, para 6.088 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 subiu 4,22 por cento, para 3.154 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib encerrou em alta de 4,38 por cento, a 15.268 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou valorização de 3,96 por cento, para 8.449 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve ganho de 3,22 por cento, para 5.536 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.