Mercados na Ásia fecham em alta pelo 6o dia consecutivo

As principais bolsas de valores da Ásia fecharam em alta nesta sexta-feira, marcando o sexto dia consecutivo de ganhos. O movimento na sessão foi puxado por ações relacionadas ao segmento de commodities em Hong Kong e na Austrália. Na caça por barganhas, investidores compraram papéis de commodites apostando que medidas recentes como o corte de juro na China e o pacote de ajuda europeu podem garantir maior demanda por matérias-primas. "Sem dúvida, existe valor a ser encontrado em muitos mercados acionários no mundo", afirmou Sarah Arckle, chefe de investimentos da Threadneedle Asset Management. No Japão, o índice Nikkei da bolsa de Tóquio encerrou a sessão com alta de 1,66 por cento, aos 8.512 pontos. Alguns papéis do setor de tecnologia, como da Kyocera Corp, puxaram o indicador pelo segundo dia. Por outro lado, as ações da Panasonic, a maior fabricante de TVs de plasma do mundo, despencaram 11 por cento, depois que a empresa cortou sua estimativa de lucro líquido para o atual exercício em 90 por cento. O índice MSCI de ações da região Ásia-Pacífico excluindo o Japão subia 2,29 por cento, por volta das 7h05 (horário de Brasília), marcando o sexto dia consecutivo de ganhos. Ainda assim, o índice amarga uma queda de aproximadamente 57 por cento no ano. Empresas envolvidas com a produção de commodities, como a mineradora BHP Billiton e a empresa do setor petrolífero CNOOC subiram depois do acentuado corte de juro promovido pela China e do anúncio de pacotes de ajuda na Europa e nos Estados Unidos, que deram confiança aos investidores sobre uma possível recuperação da demanda. O índice da bolsa de valores da Austrália acumulou uma valorização de 9,5 por cento na semana, o maior ganho semanal já registrado pelo indicador, que somente na sexta-feira teve alta de 4,31 por cento. Em Hong Kong, o índice Hang Seng também fechou a semana com ganho de 9,4 por cento. Na sexta-feira, a alta foi de 2,48 por cento. Na contramão da região, a bolsa de Xangai caiu 2,44 por cento, para 1.871 pontos, influenciada pelo comportamento das ações do setor financeiro.

KEVIN PLUMBERG, REUTERS

28 de novembro de 2008 | 07h20

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.