Mercados: negócios operam estáveis

Com a ausência de fatos negativos no cenário externo e a trégua na crise política interna, os negócios no mercado financeiro registraram uma instabilidade menor durante a manhã. Em seu depoimento ao Comitê de Orçamento da Câmara, o presidente do banco central norte-americano (FED), Alan Greenspan, não fez comentários sobre a situação da economia nem tratou de taxas de juros - as duas grandes preocupações dos mercados mundiais -, concentrando seu discurso em política fiscal, o que não provocou nenhuma reação nos mercados.Em Nova York, a Nasdaq - bolsa que negocia papéis do setor de tecnologia e Internet - registra baixa de 1,36%. O índice Dow Jones - que mede a valorização das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - está em alta de 0,54%.No Brasil, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em alta de 0,74%. O dólar comercial está cotado a R$ 2,0300 na ponta de venda dos negócios - queda de 0,54% em relação aos últimos negócios de ontem. Já os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 16,100% ao ano, frente a 16,280% ao ano registrados ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.