Mercados no Brasil continuam tranqüilos

O mercado financeiro no Brasil continua operando com equilíbrio, enquanto a situação argentina se mantém crítica. Conforme apurou a correspondente Marina Guimarães, a Assessoria de Imprensa do Ministério da Economia informou que o vice-ministro Daniel Marx viajou sozinho para os Estados Unidos ontem à noite. Ontem, a Assessoria havia informado que Marx viajaria com o ministro Domingo Cavallo. O motivo do cancelamento da viagem de Cavallo não foi informado.Os analistas acreditam que o adiamento do acordo com as províncias, que já era dado como certo ontem ao final do dia, é o motivo principal. Isso porque qualquer negociação junto ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e bancos estrangeiros dependerá deste acordo. O país precisa chegar ao déficit zero, equilibrar suas contas e retomar o crescimento e, para tanto, o acordo com as províncias é fundamental, já que implicará em novos cortes de gastos.Veja os números do mercado financeiroO dólar comercial para venda está cotado a R$ 2,5680, com alta de 0,23%. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 21,050% ao ano, frente a 20,750% ao ano ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com queda de 0,40%, com volume de aproximadamente R$ 400 milhões na primeira parte do pregão.O índice Merval da Bolsa de Valores de Buenos Aires está em alta de 0,03%. Nos Estados Unidos, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - está em alta de 1,25%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - opera com alta de 1,91%. Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.