Mercados operam com euforia

O mercado financeiro recebeu algumas notícias positivas durante a manhã e a reação a elas provocou uma queda ainda maior para o dólar e uma alta expressiva na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Às 14h45, o dólar comercial estava cotado a R$ 2,5130 na ponta de venda dos negócios, uma baixa de 1,53% em relação aos últimos negócios de ontem. A Bovespa ultrapassou os 13 mil pontos e há pouco estava em alta de 4,15%. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 20,520% ao ano, frente a 20,800% ao ano ontem.Os investidores ficaram aliviados com os resultados preliminares das investigações sobre as causa do acidente do Airbus que caiu ontem perto do aeropoto Kennedy, em Nova York. Segundo autoridades norte-americanas, a gravação da caixa-preta encontrada entre os destroços do avião indica que a queda não foi provocada por um ataque terrorista, reforçando as primeiras informações de que o acidente ocorreu por falha mecânica. As bolsas norte-americanas reagiram bem. No início da tarde, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - operava com alta de 1,68%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - registrava alta de 2,57%. Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.