finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mercados operam menos apreensivos

O mercado abriu hoje menos pressionado graças a uma melhor expectativa sobre o leilão de títulos da dívida da Argentina (Letes) e monitorando o noticiário sobre o desenrolar do caso Marka, além da espera da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) sobre a possível elevação da taxa básica de juros - Selic - a ser anunciada amanhã.Sobre o caso Marka, o noticiário de um suposto conhecimento por parte do Ministro da Fazenda Pedro Malan de que o presidente do Banco Central (BC), Francisco Lopes, teria vendido informações privilegiadas na época da crise cambial do início de 1999 começa a perder força. O ministro, entre outras figuras do governo, mostra-se disposto a prestar esclarecimentos diante das acusações. Com relação à Argentina, a expectativa se dá em torno do leilão de Letes no valor de US$ 500 milhões que o governo retoma hoje. Uma parte, US$ 350 milhões, são Letes de 92 dias e o restante, US$ 150 milhões, tem prazo de 180 dias. O mercado espera taxas próximas de 12% a 12,5% e há uma certa tranqüilidade sobre essa expectativa. No entanto, se as taxas superarem o esperado, os analistas prevêem novas pressões sobre a taxa de câmbio.A decisão sobre o porcentual da taxa Selic, a ser anunciado amanhã, também mexe com os ânimos do investidores, que esperam por uma elevação de 0,5 ponto percentual, fazendo com que a taxa suba para 16,75%. A notícia ruim desta terça-feira fica por conta das ações judiciais contra o racionamento de energia que começam a deslanchar por todo o País. Veja como está o mercado financeiro O dólar abriu em queda e há pouco estava cotado a R$ 2,3030 na ponta de venda dos negócios - queda de 0,69% em relação ao fechamento de sexta-feira. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 22,070% ao ano, frente a 22,100% ao ano registrados na sexta-feira. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com baixa de 0,05%.Nos Estados Unidos, o Dow Jones - índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - opera com queda de 0,51%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - registra queda de 0,04%. Investimentos Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

Agencia Estado,

22 de maio de 2001 | 11h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.