finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mercados operaram relativamente estáveis

Hoje foram divulgados o Índice de Vendas ao Varejo e o Índice de Preços ao Atacado nos Estados Unidos. Os índices surpreenderam, demonstando que a economia norte-americana pode não estar caindo tão rapidamente quanto se esperava. Com isso, podem ser falsas as expectativas de queda maior dos juros na próxima reunião do FED - banco central norte-americano, dia 31.As bolsas dos Estados Unidos oscilaram, mas no final do dia reduziram as quedas. O Dow Jones - Índice que mede as ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - fechou em queda de 0,79%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York -, em queda de 0,53%. Na próxima sexta-feira, será feriado nos EUA e os mercados estarão fechados.Os mercados brasileiros, que têm estado apáticos há vários dias, mantiveram cotações relativamente estáveis. As apostas dos investidores já estão feitas em função da queda dos juros prevista para a próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), quarta-feira. Assim, não ocorrem grandes oscilações nos mercados brasileiros. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em queda de 1,02%%. O dólar fechou em R$ 1,9490, com queda de 0,36%. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - fecharam o dia pagando juros de 16,110% ao ano, frente a 16,100% ao ano ontem.

Agencia Estado,

12 de janeiro de 2001 | 19h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.