Mercados reagem bem à decisão de alta da Selic

Os mercados encerram o dia de forma positiva. A decisão de alta para a Selic, a taxa básica de juros da economia, veio ao encontro das expectativas dos investidores. Os juros subiram em um ponto porcentual, de 21% para 22% ao ano. Segundo a nota divulgada ao final da reunião, a preocupação com a alta da inflação foi o principal motivo para a decisão. Veja mais informações sobre a decisão do Comitê nos links abaixo.O dólar comercial foi vendido a R$ 3,5150 nos últimos negócios do dia, em baixa de 1,13% em relação às últimas operações de ontem. No mercado de juros, os contratos de DI futuro com vencimento em janeiro de 2003 negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros pagam taxas de 22,600% ao ano - estáveis em relação ao fechamento de ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou com alta de 1,16%.Em Nova York, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - fechou em alta de 1,75%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - encerrou com alta de 3,26%. Na Argentina, o índice Merval, da Bolsa de Valores de Buenos Aires, fechou em alta de 1,27%. Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.