Mercados registram melhora pontual

A notícia de que a agência de classificação de risco Moody´s colocou hoje em revisão para possível melhora as notas de títulos em moeda estrangeira de longo prazo de 15 bancos no Brasil e da Petrobrás diminuiu o clima negativo que predominou na abertura dos mercados hoje. Os bancos que podem ter suas notas elevadas são: Banco do Brasil, Bradesco, Unibanco, Itaú, ABN Amro Real, Banco AGF Braseg, Banco Barkley e Galícia, Bilbao Vizcaya Brasil, Citibank S.A., Banco de Investimentos CSFB Garantia, Sudameris Brasil, BankBoston Banco Múltiplo, Lloyds Bank Brasil, Banco Safra S.A., Banco Votorantim. A reavaliação das notas acontece em função da mudança de metodologia da agência Moody´s.O dólar opera no patamar mínimo do dia - R$ 2,3770 - queda de 0,46% em relação ao fechamento de ontem. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) está em alta de 1,06%. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagam juros de 20,700% ao ano, frente a 20,650% ao ano ontem.Apesar da melhora pontual, os analistas ressaltam que os problemas que vêm afetando os mercados - crise de escassez de energia, incertezas em relação à Argentina e indefinições em relação ao processo eleitoral - não têm uma solução no curto prazo. Portanto, diante de qualquer fato novo negativo, os mercados podem reagir.Mercados externoO índice Merval da Bolsa de Valores de Buenos Aires está em alta de 1,73%. Nos Estados Unidos, o Dow Jones - índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - opera com alta de 0,01%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - está em alta de 1,64%.Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.