Mercados: resumo da semana

A última semana do ano apresentou volume de negócios mais fraco que o normal, mas não tão baixo quanto se imaginava. De qualquer maneira, o mercado funcionou apenas três dias, já que a segunda-feira foi feriado e na sexta-feira os bancos fecharam para balanço anual. Como a próxima segunda-feira também será feriado, esses três dias foram mesmo de poucas operações.A falta de acontecimentos relevantes também não trouxe razões para grandes oscilações nas cotações. Os movimentos revelaram expectativas otimistas para o ano 2001. Ao longo da semana, a Bolsa subiu e os juros e o dólar caíram.Na quinta-feira, foi divulgada a ata da última reunião mensal do Comitê de Política Monetária (Copom), encerrada no dia 20 de dezembro, quando foi decidida a redução da Selic, a taxa básica referencial da economia, de 16,5% ao ano para 15,75% ao ano. A ata confirma o bom desempenho da economia no ano 2000, com crescimento econômico sem pressão inflacionária, em grande parte, devido ao bom desempenho das contas do governo. Foram destacados ainda os fatores recentes do cenário externo, positivos para a economia brasileira. Mas persistem as principais incertezas no médio prazo, em especial, a desaceleração da economia dos EUA, as oscilações nos preços do petróleo e a situação econômica argentina. As metas do governo foram confirmadas para 2001.MercadosNo ano, o dólar valorizou-se 8,27%, passando de R$ 1, 8020 para R$ 1,9510. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), porém, teve movimento oposto, registrando queda de 10,72%. Nos Estados Unidos, as bolsas acumularam perdas expressivas. A Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática - caiu 39,29%, enquanto que o Dow Jones- índice que mede as ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - teve queda de 6,17%.Veja abaixo as cotações de fechamento da semana: segunda-feiraterça-feiraquarta-feiraquinta-feirasexta-feiraBovespa (variação)--0,97%+2,65%,+0,48%-Dólar (fechamento)-R$ 1,9630R$ 1,9600R$ 1,9510-Juros (DI a termo ao ano)-16,900%16,760%16,650%-Nasdaq (variação)-+0,93%+1,84%+0,72%-3,41%Dow Jones (variação)-+0,53%,+1,04%+0,61%-0,74%Dia-a-dia:Segunda-Feira (21/08)Os mercados financeiros, no Brasil e nos Estados Unidos, não funcionaram em função do feriado de Natal.Terça-Feira (15/08)Os mercados de dólar e juros apresentaram volume de negócios bastante fraco. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) até que apresentou números razoáveis, R$ 584 milhões, fechando em alta.Bovespa - A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em alta de 0,97%.Câmbio- O dólar fechou em R$ 1,9630, com alta de 0,15%. Juros - Os contratos de juros de DI a termo pagavam juros de 16,900 % ao ano, frente a 16,910% ao ano no dia anterior.Bolsas norte-americanas - O Dow Jones - índice que mede as ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - fechou em alta de 0,53%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática - fechou em queda de 0,93%.Quarta-Feira (16/08)Apesar do baixo volume de negócios nessa semana espremida entre os feriados, a evolução das cotações revela otimismo nos mercados. O dólar e os juros caíram e a Bolsa subiu.Bovespa - A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em alta de 2,65%.Câmbio- O dólar fechou em R$ 1,9600, com queda de 0,15%. Juros - Os contratos de juros de DI a termo pagavam juros de 16,760% ao ano, frente a 16,900 % ao ano no dia anterior.Bolsas norte-americanas - O Dow Jones - índice que mede as ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - fechou em alta de 1,04%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática - fechou em alta de 1,84%.Quinta-feira (17/08)Nesse último dia de funcionamento dos mercados no ano, os investidores deram prosseguimento à tendência otimista recente. Foi divulgada a ata da última reunião mensal do Copom esclarecendo os motivos para a queda da Selic de 16,5% ao ano para 15,75% ao ano.Bovespa - A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em alta de 0,48%.Câmbio- O dólar fechou em R$ 1,9510, com queda de 0,46%. Juros - Os contratos de juros de DI a termo pagavam juros de 16,650% ao ano, frente a 16,760% ao ano no dia anterior.Bolsas norte-americanas - O Dow Jones - índice que mede as ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - fechou em queda de 0,61%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática - fechou em alta de 0,72%.Sexta-feira (18/08)Os mercados financeiros no Brasil não funcionaram em função do fechamento dos bancos no último dia do ano para balanço.Bolsas norte-americanas - O Dow Jones - índice que mede as ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - fechou em queda de 0,74%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática - fechou em queda de 3,41%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.