Mercados tranqüilos na abertura do dia

O mercado financeiro começa o dia atento ao resultado da balança comercial fechado do mês de janeiro e aos números da economia norte-americana divulgados nesta manhã. A situação argentina também permanece sob observação e o Banco Central do país vizinho confirmou ontem que vai adotar uma política de "flutuação suja" do câmbio livre a partir de segunda-feira (veja mais informações no link abaixo).A balança comercial encerrou o primeiro mês do ano com um superávit - exportações maiores que importações - de US$ 175 milhões. Na comparação com 2001, o resultado foi muito positivo. No ano passado, no acumulado do mês de janeiro, o saldo da balança comercial estava negativo em US$ 478 milhões. A expectativa dos analistas é de que, neste ano, o saldo positivo da balança fique em torno de US$ 5 bilhões.Nos Estados Unidos, a preocupação é com o retomada da atividade econômica. Os analistas esperam um cenário mais positivo a partir do segundo semestre de 2002. Nesta manhã, foi divulgada a taxa de desemprego em 5,6% no mês de janeiro. A expectativa era de um resultado em 5,9%. As bolsas em Nova York ainda não abriram.Veja os números do mercado financeiroÀs 11h40, o dólar comercial está cotado a R$ 2,4190 na ponta de venda dos negócios, com alta de 0,21% em relação aos últimos negócios de ontem. Os contratos de swap (troca) de títulos prefixados por pós-fixados com período de um ano pagam juros de 20,36% ao ano, frente a 20,31% ao ano. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com queda de 0,20%.Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.