Mercedes-Benz abre 300 vagas para fábrica de São Bernardo

Segundo o sindicato, os novos contratados começam a trabalhar em janeiro do ano que vem

Agência Estado,

17 de dezembro de 2009 | 16h09

A Mercedes-Benz vai contratar mais 300 trabalhadores para sua fábrica de São Bernardo do Campo (SP), informou o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Segundo a entidade, o anúncio da abertura de vagas foi feito pelo presidente da empresa no Brasil, o alemão Jürgen Ziegler, durante visita ao sindicato nesta quinta-feira, 17, juntamente com o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Jackson Schneider.

 

Em comunicado, o sindicato informou que os novos contratados começam a trabalhar em janeiro do ano que vem. Dessas 300 contratações, 50 são de aprendizes do Senai.

 

De acordo com a entidade, em setembro passado, a Mercedes-Benz anunciou a contratação de outros 1.315 trabalhadores para a linha de caminhões e ônibus, na fábrica de São Bernardo. Desse total, 800 eram novas contratações por prazo determinado de um ano. Outros 355 eram trabalhadores temporários que foram efetivados, enquanto os 160 restantes eram aprendizes do Senai formados em janeiro e agosto deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Mercedesfábricaempregocontratação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.