Mercedes ‘Flecha de prata’ tem preço recorde de R$ 67 milhões

Carro que já foi pilotado por Juan Manuel Fangio nos anos 50 é vendido para um colecionador em leilão

16 de julho de 2013 | 18h17

SÃO PAULO - Um Mercedes-Benz de corrida conhecido como 'flecha de prata' foi vendido pelo preço recorde de R$ 67 milhões em leilão na casa britânica Bonhams.

O veículo modelo W 196 R Grand Prix é o único da série 'flecha de prata' do período pós-guerra nas mãos de um colecionador particular. Segundo a casa de leilões, o preço é o maior da história para um carro vendido em leilão.

Das 14 unidades do W 196 R fabricadas, só restam dez. Seis pertencem à coleção da Mercedes-Benz Classic e outros três estão em museus em Turim, na Itália, Viena, na Áustria e Indianápolis, nos Estados Unidos.

Com o carro, o piloto argentino Juan Manuel Fangio, pentacampeão mundial de automobilismo, venceu os Grandes Prêmios da Alemanha e da Suíça em 1954.

Em 1973, o carro foi doado pela então Daimler-Benz AG para o National Motor Museum de Beaulieu, na Inglaterra, que o revendeu em 1980.

"O resultado do leilão mostra o excepcional nível de respeito dos colecionadores em relação aos veículos históricos da Mercedes-Benz", declarou Michael Bock, diretor da Mercedes-Benz Classic.

 

Tudo o que sabemos sobre:
MercedesflechaprataleilãoFangio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.