finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Mercosul concorda em aproximação comercial com sudeste asiático

Os países do Mercosul concordaramnesta quarta-feira em uma aproximação com a Associação deNações do Sudeste Asiático (Asean, na sigla em inglês), comintenção de promover o comércio entre ambos os blocos. Os grupos lançaram um processo de consulta para ampliar acooperação entre as duas regiões em matéria econômica,comercial e em investimentos, disse o Ministério das RelaçõesExteriores em uma nota ao fim de uma reunião ministerial. O chanceler da Argentina, Jorge Taiana, disse em Brasíliaque representantes da Asean, integrada por Brunei, Camboja,Indonésia, Laos, Malásia, Mianmar, Filipinas, Cingapura,Tailândia e Vietnã poderiam acompanhar a próxima cúpula depresidentes do Mercosul, que acontecerá no Uruguai em dezembro. "É claro que são regiões bastante complementares", disseTaiana a jornalistas, explicando que seu país e o blocosul-americano, composto por Brasil, Argentina, Uruguai eParaguai, estão em condições de aumentar suas exportações aosmercados da Asean. A região da Asean tem uma população de 500 milhões depessoas, um Produto Interno Bruto de quase 700 bilhões dedólares e um comércio total de 850 bilhões de dólares. (Por Guido Nejamkis)

REUTERS

22 de agosto de 2007 | 22h20

Tudo o que sabemos sobre:
MERCOSULCOMERCIOASEAN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.