Mercosul e UE discutem acordo de livre comércio

Os negociadores do Mercosul e da União Européia (UE) se reunem de segunda até sexta-feira, em Bruxelas, para tentar destravar o impasse criado nas negociações para um acordo de livre comércio entre os dois blocos. Os europeus não descartam apresentar sua oferta de liberalização do setor agrícola durante os próximos dias, como pede o Mercosul. Mas condicionam a iniciativa a uma contra-oferta mais ambiciosa por parte dos países da América do Sul e prometem pressionar Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina para que melhorem suas propostas nos setores de compras governamentais, investimentos e serviços.Do lado do Mercosul, negociadores reconhecem que podem oferecer novas aberturas durante as conversas, inclusive maiores benefícios que os que já foram apresentados há poucos dias em Buenos Aires, em uma reunião com os europeus. Brasília, porém, também condiciona sua iniciativa e afirma que a nova ambição da oferta dependerá do que os europeus apresentarão como possibilidades de acesso a seu mercado agrícola.A rodada que será iniciada hoje estava sendo considerada como a última oportunidade que os países teriam de fechar um entendimento antes da Cúpula América Latina - UE, que ocorre no México nas próximas semanas. A cúpula seria a ocasião para que fosse anunciado o início da última etapa de negociações entre o Mercosul e a UE. O processo terminaria em outubro com a assinatura do acordo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.