finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Merkel afirma que austeridade 'não é um fim em si'

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse nesta quarta-feira que a austeridade não é um fim em si, mas tem o objetivo de tornar a Europa mais competitiva e criar empregos.

Agencia Estado

24 de abril de 2013 | 11h21

Merkel também apelou aos políticos da zona do euro que trabalhem juntos para ampliar a austeridade fiscal, com o argumento de que isso vai ajudar a fortalecer a economia.

Em pronunciamento no Conselho Alemão de Cidades, Merkel afirmou que é preciso haver "uma certa coordenação" das políticas econômicas na zona do euro, sem transferir todas as responsabilidades para Bruxelas.

Merkel disse ainda que a "Alemanha só irá bem no longo prazo, se toda a Europa estiver bem também." As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaMerkelausteridade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.