Merkel descarta solução 'espetacular' para crise

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou hoje que a contínua crise de dívida da zona do euro não vai terminar com uma solução "espetacular", incluindo qualquer acordo na cúpula marcada para quinta-feira. "Trata-se de um processo controlado e dirigido de medidas passo a passo, com o objetivo de finalmente chegar à raiz desse problema", disse Merkel em uma entrevista à imprensa em Hannover, junto com o presidente da Rússia, Dimitry Medvedev.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

19 de julho de 2011 | 11h05

"Isso significa a diminuição da dívida e a questão da melhora na competitividade. Essas são as raízes desse problema e precisam ser resolvidas", acrescentou. Mesmo a reunião dos líderes da zona do euro em Bruxelas na quinta-feira - que pretende estabelecer as linhas gerais do novo programa de ajuda para a Grécia - é apenas um passo nesse caminho. "Aqueles que levam a responsabilidade política a sério sabem que não será dado qualquer passo espetacular, incluindo quinta-feira", afirmou a chanceler. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
zona do eurocriseMerkel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.