Merkel vê chance de acordo sobre a Grécia na 2ª feira

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou hoje que vê a possibilidade de os ministros de Finanças da zona do euro e o Fundo Monetário Internacional (FMI) chegarem a um acordo, na segunda-feira, sobre a liberação da próxima parcela da ajuda internacional para a Grécia.

AE, Agencia Estado

21 de novembro de 2012 | 13h05

"A boa notícia é que a troica diz que a Grécia está cumprindo suas obrigações. Existe a chance de um acordo na segunda-feira, mas isso ainda não está certo. É preciso avançar passo a passo", afirmou Merkel. "A combinação da cobrança de reformas e da demonstração de solidariedade está adequada", acrescentou.

Já o ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, comentou que a Grécia atendeu às condições impostas pela troica de credores internacionais - formada por Comissão Europeia, Banco Central Europeu (BCE) e FMI - e que houve um bom progresso nas negociações sobre a situação do país durante a reunião do grupo de ministros de Finanças da zona do euro (Eurogrupo) que terminou nesta madrugada em Bruxelas.

Segundo Schäuble, a Alemanha defende um projeto que daria à Grécia mais 10 bilhões de euros para financiar um programa de recompra de bônus. "O governo (da Alemanha) é da opinião de que nós deveríamos fornecer um aumento nos programas da EFSF para a Grécia", disse ele, se referindo à Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês), o fundo de resgate temporário da zona do euro. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaGréciacriseMerkelSchäuble

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.