Merrill Lynch recomenda Bradesco

A Merrill Lynch está recomendando a acumulação das ações de Bradesco. A recomendação de longo prazo é para compra dos papéis. Segundo relatório, o banco está dando "grandes passos" para melhorar a transparência com o mercado. O analista Rodrigo Quintanilha acredita que no final de 2001 os papéis podem atingir o preço de R$ 21,00, representando um potencial de alta de 39,07% frente à atual cotação. A corretora afirmou que os números do segundo trimestre vieram fortes e com surpresas. Para a segunda metade do ano, o analista destacou que o Bradesco está se posicionando para obter fortes ganhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.