Merrill Lynch tem prejuízo pelo 3º trimestre consecutivo

O banco de investimentos americano Merrill Lynch registrou seu terceiro prejuízo trimestral consecutivo, com mais US$ 9 bilhões em baixas contábeis de ativos relacionados a financiamentos imobiliários (hipotecas) e empréstimos acima da capacidade de pagamento, informa o The Wall Street Journal. O prejuízo líquido da instituição foi de US$ 1,96 bilhão no 1º trimestre deste ano, contra um lucro líquido de US$ 2,16 bilhões nos três primeiros meses do ano passado."A despeito deste prejuízo trimestral, as operações subjacentes do Merrill Lynch produziram sólidos resultados num ambiente de mercado difícil", disse o presidente e executivo-chefe do banco, John A. Thain. O Merrill havia registrado US$ 25 bilhões em baixas contábeis no segundo semestre de 2007, incluindo US$ 22,5 bilhões em produtos relacionados ao subprime (crédito de elevado risco de inadimplência). Diante disso, a instituição captou US$ 12,8 bilhões de vários investidores, incluindo três fundos de riqueza soberana, a fim de reforçar seu balanço patrimonial.O Merrill observou que, no último trimestre, suas operações de renda fixa, câmbio e commodities - fonte das baixas contábeis - tiveram receita recorde em produtos atrelados a taxas de juros e em câmbio, mas caíram em outras operações do segmento. A receita líquida da unidade de banco de investimentos despencou 40% em meio aos fortes resultados do primeiro trimestre de 2007 e à redução dos financiamentos alavancados e das aberturas de capital (IPOs, na sigla em inglês) no trimestre passado. A receita líquida com a negociação de ações caiu 21%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.