Mesmo com Cide menor, gasolina sobe 0,61% no País

A redução da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) não surtiu efeito sobre o preço da gasolina, que subiu 0,61% no País na última semana, chegando a R$ 2,614 por litro, em média, conforme dados divulgados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). Nas últimas quatro semanas, a alta acumulada é de 1,12%, reflexo da redução do porcentual de etanol anidro na gasolina vendida nos postos, já que a gasolina tem um valor maior do que o etanol. Em São Paulo, a alta no preço do combustível foi ainda maior, de 2,42% na última semana e de 3% acumulada em um mês.

NICOLA PAMPLONA, Agencia Estado

12 de fevereiro de 2010 | 18h05

Segundo a pesquisa de preços da ANP, o preço médio do combustível nos postos paulistas é R$ 2,539 por litro. O preço do etanol também mantém curva de alta, mesmo com a redução na demanda, de 25% em janeiro. De acordo com os dados da ANP, o etanol hidratado custa, em média, R$ 1,99 por litro, no País. O valor é 1,11% superior ao registrado na semana passada.

Em um mês, o produto acumula alta de 2,15% nas bombas. Já em São Paulo, o litro do etanol está 1,37% mais alto nesta semana, com o preço médio de R$ 1,848 por litro. Foi o primeiro aumento em um mês, já que os preços deste combustível ficou estável nas semanas anteriores, conforme a ANP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.