Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Meta de 2009 do 'Minha Casa' será cumprida, diz governo

Ministro Paulo Bernardo garante que a meta de 400 mil unidades contratadas no programa será alcançada

ANNE WARTH, Agencia Estado

16 de outubro de 2009 | 13h35

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse nesta sexta-feira, 16, que o governo vai cumprir a meta de encerrar o ano com 400 mil unidades contratadas no programa "Minha Casa, Minha Vida". Até 30 de setembro deste ano, a Caixa Econômica Federal recebeu 352 mil pedidos, dos quais 95 mil já estão aprovados. "Nossa previsão é encerrar o ano de 2009 em 400 mil unidades, ou seja, 40% da meta de 1 milhão de moradias estará contratada até o final de dezembro", afirmou.

Segundo ele, haverá tempo hábil para chegar a este número nos dois meses e meio que restam para o fim do ano. "Temos 350 mil pedidos já protocolados na Caixa e o prazo médio de análise desses pedidos é de 45 dias. É de se supor que boa parte disso, se não a totalidade, vai estar deferida até o fim do ano. Temos outros pedidos entrando", declarou. O ministro diz prever que a Caixa receba entre 600 mil e 700 mil pedidos até o fim de 2009.

Bernardo disse que a greve dos bancários da Caixa não deve atrapalhar o cumprimento da meta. "Está funcionando do mesmo jeito. As pessoas estão protocolando os pedidos e os engenheiros estão fazendo as análises. Temos parte do serviço de análise que é terceirizada.", disse. Segundo o ministro, 80% da meta do programa de construir 1 milhão de moradias será cumprida até 30 de junho.

Tudo o que sabemos sobre:
casafinanciamentoprogramaBernardo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.