Meta de exportação para este ano pode ser elevada, diz Furlan

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, disse hoje que a meta para exportações este ano deve ser revista "provavelmente para US$ 111 bilhões ou US$ 112 bilhões". Atualmente a previsão do Ministério é que as vendas para o exterior totalizem US$ 108 bilhões, mas os resultados das exportações em 2005 estão superando as expectativas iniciais.Furlan disse também que para o ano que vem a expectativa das vendas aos outros países é de que somem US$ 120 bilhões. "Nós vamos continuar crescendo. O presidente Lula já nos incentivou a projetar US$ 150 bilhões", disse Furlan, ressalvando que não sabe porém quando isso poderá acontecer.De acordo com o ministro, ninguém sabe "o que temos para vender", o que traz um grande potencial exportador para o Brasil. "O momento é nosso. Temos somente que não perder o rumo. As oportunidades são muito maiores que as dificuldades", disse Furlan em discurso na Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.