Meta de inflação será discutida pelo CMN apenas em junho

O Conselho Monetário Nacional (CMN) não discutiu em sua reunião de março, realizada nesta segunda-feira, nenhum tema envolvendo o sistema de metas de inflação. Ao final da entrevista, o diretor de Normas do Banco Central, Sérgio Darcy, informou, ao ser questionado, que o Conselho só deverá discutir o tema em junho, quando o CMN terá que decidir, oficialmente, qual será a meta de inflação para o ano de 2006. A discussão sobre possíveis alterações no sistema de metas de inflação ganhou mais fôlego na semana passada, depois de dois eventos. O primeiro foi a divulgação da ata da reunião de março do Comitê de Política Monetária (Copom) do BC, que citou pela primeira vez uma análise da diretoria colegiada do BC sobre as possibilidades de alteração da meta de inflação para 2004. Na própria ata, entretanto, os integrantes do Comitê afirmaram que tal modificação não seria necessária. Em seguida, durante audiência pública do presidente do BC, Henrique Meirelles, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, o líder do governo, Aloizio Mercadante (PT-SP), defendeu uma revisão no sistema de metas de inflação a partir de 2005. As metas definidas pelo CMN até agora são as de 2004 e de 2005 ? 5,5% e 4,5%, respectivamente.

Agencia Estado,

29 Março 2004 | 14h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.