carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Meta de investimento de R$ 61 bi pode ser superada

A Petrobrás pode superar sua meta de investimentos este ano, estimada inicialmente em cerca de R$ 61 bilhões. No primeiro semestre, a companhia investiu R$ 32,5 bilhões, ou 55,5% a mais do que no mesmo período do ano anterior. "Se a gente seguir na mesma linha de realização, podemos ultrapassar o programado", disse o diretor financeiro da companhia, Almir Barbassa, durante a divulgação dos resultados financeiros do primeiro trimestre.Segundo Barbassa, os maiores investimentos se devem a oportunidades encontradas no mercado para a contratação de plataformas de perfuração, equipamento que estava escasso no período de euforia no mercado de petróleo. Somente no primeiro semestre, a empresa fechou contrato com duas novas sondas, que estão atualmente perfurando poços na região do pré-sal da Bacia de Santos."O que se verificou foi alguma disponibilidade (de sondas) onde não existia nenhuma", comentou o executivo. A companhia tem hoje cinco poços em andamento no pré-sal - dois em Tupi, um em Abaré e dois outros fazendo testes de formação geológica em Iara e Guará. Outras duas sondas serão entregues à empresa até o fim do ano, e também serão usadas para avaliar as reservas em Santos.Do total investido no primeiro semestre, 45% foram para o segmento de exploração e produção. Barbassa espera que a companhia atinja a meta estipulada para o ano, de extrair 2,05 milhões de barris de petróleo por dia apenas no Brasil. Para isso, conta com o aumento da produção nas plataformas P-51, P-53 e Cidade de Niterói, além da entrada dos campos de Frade e Parque das Conchas, operados por Chevron e Shell, respectivamente.

, O Estadao de S.Paulo

15 de agosto de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.