Meta de superávit primário é de 3,1% do PIB em 2013

O Ministério do Planejamento apontou, no Orçamento de 2013 que a meta de superávit primário para o setor público em 2013 será a mesma de 2012, de 3,1% do Produto Interno Bruto (PIB). O governo tem ressaltado que o cumprimento desse objetivo na área fiscal é um dos pilares que estão permitindo a redução dos juros adotada pelo Banco Central, que reduziu a Selic de agosto até hoje de 12,50% ao ano para 7,50%.

AE, Agencia Estado

30 de agosto de 2012 | 17h05

Segundo o ministério, apesar da meta cheia ser de 3,1% do PIB para o próximo ano, poderá ocorrer um abatimento de investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) equivalente a 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB). Segundo o Planejamento, a meta do superávit primário para o governo central será de 2,2% do PIB para o próximo ano e para os governos regionais será de 1% do PIB em 2013.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.