coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Meta do déficit deve ser respeitada, diz Rajoy

O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, disse nesta terça-feia que seu governo vai manter suas metas para o déficit orçamentário, apesar de sinais emitidos pela Comissão Europeia de que os países podem receber mais tempo para alcançar suas metas.

Agencia Estado

28 de maio de 2013 | 16h45

"Nosso comprometimento com o déficit público é algo que devemos respeitar acima de tudo", disse Rajoy, em coletiva de imprensa como presidente da França, François Hollande, em Paris. Segundo o ministro, a Espanha fará o que for necessário para atingir suas metas.

O Ministério do Orçamento da Espanha disse hoje que o déficit orçamentário do governo espanhol chegou a 2,4% do Produto Interno Bruto (PIB) nos quatro primeiros meses do ano. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EspanhaRajoydéficit

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.