Metalúrgicos da Ford e Mercedes-Benz encerram greve

Os metalúrgicos da Ford e da Mercedes-Benz decidiram, nesta manhã, encerrar a greve iniciada na semana passada. Na Volkswagen, os quase 15 mil funcionários da unidade de São Bernardo do Campo foram convocados pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, a comparecer à fábrica nesta manhã para realizarem passeatas dentro da montadora. Segundo o sindicato, até as 10 horas a direção da empresa ainda não havia apresentado nenhuma proposta.Na Ford, os trabalhadores decidiram retornar ao trabalho em duas assembléias realizadas nesta segunda-feira. A primeira delas, destinada aos horistas, foi feita às 6h30. A segunda, com mensalistas, às 9h30. As atividades na empresa já foram normalizadas, segundo o sindicato.Na Mercedes-Benz, apenas os mensalistas aprovaram retorno ao trabalho. Mas os horistas, que fazem assembléia às 14 horas de hoje, também estão trabalhando normalmente, de acordo com a assessoria de imprensa do sindicato. A assembléia com os funcionários horistas ainda não foi realizada porque o sindicato, para obter ampla maioria na votação, vai reunir os dois turnos - manhã e tarde - para a decisão. A Scania e Toyota fecharam acordo com o sindicato na semana passada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.