carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Metalúrgicos da Volks e Renault entram em greve

Em assembléia, trabalhadores decidem pela paralisação por tempo indeterminado

Evandro Fadel,

20 de setembro de 2007 | 16h58

Os metalúrgicos das montadoras Volks/Audi e Renault/Nissan, de São José dos Pinhais,região metropolitana de Curitiba, decidiram, em assembléias na manhã desta quinta-feira, entrar em greve por tempo indeterminado. Os trabalhadores rejeitaram as cinco propostas de acordo apresentadas pelo sindicato patronal. Eles reivindicam 8,5% de reajuste em setembro com R$ 800 de abono para 5 de outubro ou 8,5% de aumento para janeiro de 2008 com R$ 2 mil de abono em outubro. Novas assembléias serão realizadas na entrada do turno da tarde. Já na Volvo, que fica na Cidade Industrial de Curitiba, os 3 mil trabalhadores aceitaram a proposta patronal que prevê reajuste de 7,44% em novembro e R$ 1,5 mil de abono em 5 de outubro.

Tudo o que sabemos sobre:
Metalúrgicosgreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.