Metalúrgicos decidem acordo coletivo com CSN

O Sindicato dos Metalúrgicos de Volta Redonda e Região se reunirá com a direção da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) na próxima quinta-feira, às 9 horas, para mais uma rodada de negociação do Acordo Coletivo 2006 dos trabalhadores da empresa.Os trabalhadores reivindicam Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) com ganho real, complemento de Participação dos Lucros ou Resultados (PLR) igual para todos os trabalhadores, entre outros itens da pauta.A primeira proposta apresentada pela empresa foi: INPC, sem ganho real, R$ 1.000 de adiantamento de PLR 2006, complementação de PLR 2005 em R$ 1.500 para quem ganha até R$ 2.000 e R$ 2.000 para quem ganha acima de R$ 2.000.Segundo o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Carlos Perrut, "nós da direção do Sindicato esperamos que a CSN apresente uma proposta que contemple a reivindicação dos trabalhadores".MetalsulNesta quarta-feira o sindicato estará em negociação com o Metalsul. Os trabalhadores reivindicam 100% de INPC mais 5% de aumento real, além de alteração nos pisos. A reivindicação é a de que o piso salarial de ajudantes seja de R$ 500, dos auxiliares seja de R$ 700, dos profissionais seja de R$ 850, dos mestres seja de R$ 1.200, e dos técnicos seja de R$ 1.500.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.