Metalúrgicos do ABC fazem paralisação por reajuste

Cerca de 12 mil metalúrgicos de seis empresas fizeram uma paralisação na manhã de hoje, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. A categoria reivindica aumento salarial real. De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, o protesto foi realizado por trabalhadores do turno da manhã da Scania, Mercedes, Ford, Rassini, Mahle e Karmann Ghia.

FABIANA MARCHEZI, Agencia Estado

10 de setembro de 2009 | 15h17

Caso não haja acordo até sábado, a categoria promete entrar em greve por tempo indeterminado. "O prazo dos patrões termina no sábado. Se não tivermos uma proposta decente, vamos votar novas paralisações. Essa é a linguagem que os patrões entendem", advertiu Wagner Santana, secretário geral do sindicato.

Tudo o que sabemos sobre:
metalúrgicosparalisaçãoreajuste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.