Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Metalúrgicos do País realizam paralisação no dia 18

Ato busca unificar a jornada de trabalho sem redução salarial, piso salarial único e combate à terceirização

Amanda Valeri, da Agência Estado,

14 de setembro de 2007 | 13h56

Os metalúrgicos ligados à Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM) da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e à Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM) da Força Sindical iniciam na próxima terça-feira, 18, uma paralisação nacional para discutirem a elaboração de um Contrato Coletivo Nacional de Trabalho para o ramo metalúrgico.   De acordo com a categoria, essa ação vai ocorrer durante todo o dia e busca unificar a jornada de trabalho sem redução salarial, piso salarial único no País e combate à terceirização ilegal. "Será um dia de luta dos metalúrgicos do Brasil que paralisarão suas atividades durante algumas horas para acabarmos com as enormes diferenças salariais e econômicas entre os trabalhadores em todo o país", afirmou o presidente da CNTM, Eleno José Bezerra.   Bezerra não soube informar quais Estados, empresas e o total de trabalhadores que estarão envolvidos na manifestação. Segundo ele, os dados concretos serão divulgados na segunda-feira, 17.

Tudo o que sabemos sobre:
Metalúrgicos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.