Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Metalúrgicos fazem paralisação em SP, diz sindicato

Cerca de oito mil metalúrgicos, de aproximadamente 40 empresas de São Paulo, estão paralisados na manhã de hoje, segundo informações do presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, Miguel Torres. As paralisações fazem parte das assembleias de mobilização pela redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, sem redução salarial, além da defesa dos direitos sociais, contra as demissões, em 26 fábricas da capital.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

14 de agosto de 2009 | 08h00

Por volta das 7h30, a mobilização reunia cerca de mil funcionários no Parque da Mooca, zona leste de São Paulo, segundo o sindicato. As assembleias fazem parte do calendário de mobilização convocado pelas centrais Força Sindical, Central Única dos Trabalhadores (CUT), União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB) e Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST), em todo o País, de acordo com o sindicato. Segundo Torres, após as assembleias, que devem durar cerca de duas horas, os trabalhadores devem seguir em passeata até a Praça Oswaldo Cruz, seguindo pela Avenida Paulista, onde devem se concentrar no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp).

Tudo o que sabemos sobre:
paralisaçãometalúrgicosSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.