Metalúrgicos fazem protesto em SP

Um grupo de cerca de mil metalúrgicos aguardam a chegada do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao centro de exposições do Hotel Transamérica, na zona Sul da cidade. Os metalúrgicos são ligados à Força Sindical e estão em frente ao local onde o presidente participará da abertura do Congresso da 22ª Edição do Congresso da Internacional Socialista. Sob o comando do presidente da Central Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, a entidade espera reunir 10 mil pessoas no local. O motivo do protesto é contra os juros altos praticados pelo governo, a não geração de empregos, conforme promessa de campanha e a sinalização de que a União não vai corrigir a tabela do Imposto de Renda.O presidente, que hoje completa, 58 anos, deverá chegar ao local por volta das 10 horas. Depois de participar da abertura do evento, Lula cumpre uma extensa agenda em São Paulo, se reunindo com líderes políticos e chefes de Estado de diferentes países que integram a Internacional Socialista (IS). Esta é a primeira vez que o Congresso da IS é realizada no Brasil.Os metalúrgicos saíram em passeata da Marginal do Pinheiros até a Avenida Mário Vilas Boas Rodrigues, na região de Santo Amaro, zona Sul de São Paulo, onde acontece o evento. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o protesto não atrapalha o trânsito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.