Metalúrgicos fazem protesto na GM de São Caetano do Sul

Quatro mil metalúrgicos da unidade da General Motors em São Caetano do Sul, no Grande ABC, realizam um protesto desde às 5h30 da manhã desta quarta-feira, em frente à montadora. Na segunda-feira, a empresa abriu um programa de demissão voluntária (PDV) para 500 funcionários aposentados da fábrica de São José dos Campos e cerca de 600 de São Caetano. Com medo de ficar desempregados, os metalúrgicos resolveram fazer esse protesto. Às 15h haverá outra assembléia em frente à montadora e os funcionários desse turno também paralisarão suas atividades.

Agencia Estado,

18 Maio 2005 | 06h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.