carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Metalúrgicos prometem parar hoje 100 fábricas

Metalúrgicos da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Força Sindical prometem para hoje paralisações de até três horas em 100 grandes fábricas instaladas em 13 Estados brasileiros. O movimento faz parte da campanha de luta pela instituição do contrato nacional de trabalho e deverá atingir, principalmente, empresas do setor automobilístico e siderúrgicas.A expectativa das duas centrais é de obter a adesão de cerca de 200 mil trabalhadores em Estados como São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Só no ABC paulista, onde estão montadoras como Volkswagen, Ford, Scania e Daimler Chrysler, cerca de 34 mil metalúrgicos devem paralisar parcialmente suas atividades no período da manhã.Além da unificação para setembro das datas-base dos metalúrgicos de todo o País, a categoria luta pela criação de um piso salarial nacional de R$ 1,3 mil, redução da jornada semanal de trabalho, das atuais 44 para 40 horas, e contra a terceirização.Hoje, os salários e outros benefícios são desproporcionais nas diferentes regiões do País, já que as negociações são regionais.

Marcelo Rehder, O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2018 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.