Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Metalúrgicos receberão pagamento das perdas do Plano Collor 1

A Justiça Federal ordenou hoje que a Caixa Econômica Federal pague aos metalúrgicos de São Paulo a correção de 44,80% do FGTS que não foi aplicada nas contas dos trabalhadores em 1990 no Plano Collor 1. O pagamento deverá ser feito com juros e correção monetária, calculados desde o início do processo aberto pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, em 1993.A sentença beneficia os 159.560 trabalhadores, sindicalizados ou não, que não aderiram ao acordo do governo para pagamento das perdas do FGTS provocadas pelos planos Verão (89) e Collor 1 (90). A assessoria do sindicato dos metalúrgicos informou que a categoria vai entrar com outra ação coletiva para cobrar as perdas do Plano Verão para os metalúrgicos.O sindicato protocolou também outro recurso na Justiça pedindo a extensão do pagamento da diferença dessas perdas a outros cerca de 200 mil metalúrgicos da categoria que assinaram o acordo do governo e que já receberam a correção, ou estão recebendo de forma parcelada, com deságio. Os pagamentos serão feitos entre 31 de janeiro e 19 de dezembro deste ano.

Agencia Estado,

13 de janeiro de 2006 | 15h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.